Área reservada

Esqueceu a sua palavra-passe? clique aqui

Cancelar

Registo de utilizador

Registo de utente

Registo exclusivo para utentes das consultas de nutrição Dieta Pura.

GORDURA NOS ALIMENTOS… QUAL A ESCOLHA CERTA?

GORDURA NOS ALIMENTOS… QUAL A ESCOLHA CERTA?

Quando o assunto é gordura nos alimentos, o primeiro pensamento que surge é que estes são prejudiciais à nossa saúde e que devemos evitar consumir regularmente. Porém este pensamento não é totalmente correto.

 

A gordura exerce diversas funções no nosso organismo tais como: fornecer energia; veículo de transporte de alguns nutrientes, tais como vitaminas; manutenção da temperatura corporal; manutenção da estrutura celular; entre outros. A gordura é um macronutriente importante na nossa dieta tal como proteínas e hidratos de carbono. Segundo Direção Geral de Saúde (DGS), a porção de gordura na alimentação deve situar-se entre os 20% e os 30% do valor energético total diário.

 

Na alimentação do dia-a-dia podemos encontrar diversos tipos de gordura, as “boas”, gorduras insaturadas (polinsaturadas e monoinsaturadas) e outras prejudiciais à saúde, mas quase todas com um papel essencial ao organismo:

 

- Gordura Saturada: presente em alimentos de origem animal (carnes vermelhas, leite e derivados) desempenha funções fisiológicas importantes mas quando consumida em excessos elevam o nosso “mau colesterol” (LDL).

- Gordura Monoinsaturada: liquida à temperatura ambiente, esta gordura pode ser encontrada em alimentos de origem vegetal, tais como azeite, frutos secos, sementes e abacate. O seu consumo é essencial para reduzir os níveis de pressão arterial, doenças cardiovascular e triglicerídeos, quando o seu consumo não ultrapassa os 20% do total de calorias.

- Gordura Poliinsaturada: este tipo de gordura pode ser encontrada em peixes gordos (sardinha, cavala) rica em ómega 3 ou el óleos vegetais como o de girassol rico em ómega 6. O consumo deste subtipo de gordura é importante para controlar os níveis de colesterol e prevenir o risco de doenças cardiovasculares.

- Gordura Trans e Hidrogenada: ambas são encontradas em produtos processados (batatas fritas, biscoitos e bolachas, margarinas, fast-food). Por promover o aumento do “mau” colesterol (HDL), triglicerídeos, entre outros fatores de risco para a saúde este tipo de gordura não apresenta vantagem nutricional.

 

De um modo geral podemos dizer que o consumo de gordura é benéfico para o nosso organismo desde que consumida na dose certa e quando as escolhas são feitas de uma forma consciente, reduzindo ou mesmo eliminando gordura saturada, trans e hidrogenada.

 

Para uma redução de gordura má, apresentamos algumas estratégias:

- Escolha alimentos com baixo teor de gordura (queijos e iogurtes);

- Substitua snacks de batatas fritas ou bolachas por palitos de vegetais, frutos secos;

- Troque a gordura de origem animal por a de origem vegetal;

- Diminua o consumo de carne vermelha e substitua por carnes brancas e retire toda a pele.

 

Melhore a sua saúde com as escolhes certas!