Área reservada

Esqueceu a sua palavra-passe? clique aqui

Cancelar

Registo de utilizador

Registo de utente

Registo exclusivo para utentes das consultas de nutrição Dieta Pura.

AÇÚCARES … O PERIGO ESCONDIDO

AÇÚCARES … O PERIGO ESCONDIDO

Hoje comemora-se o Dia Mundial da Diabetes, que é considerada uma doença com incidência crescente. Portugal posiciona-se entre os países europeus que registam uma das mais elevadas taxas de prevalência da Diabetes a qual foi estimada em 13,3% da população portuguesa.

 

A Diabetes é uma doença que requer um controlo adequado para evitar complicações, como doença cardiovascular, insuficiência renal, cegueira e danos no sistema nervoso. Os diabéticos não necessitam de excluir da sua alimentação açúcares ou alimentos ricos em açúcar, precisam, sim, saber escolher os alimentos consoante o tipo e quantidade de açúcar que eles contenham. Existem vários tipos de açúcar, o que difere entre eles são: as matérias-primas, formas de refinamento, textura, sabor e composição nutricional.

 

A maioria das pessoas nem dá conta da quantidade de açúcar que ingere diariamente, seja porque o consome de uma forma espontânea (ex: adicionar açúcar no café ou chá) ou de uma forma oculta, que a indústria insiste em somar aos alimentos (ex: bolachas digestivas).

 

TIPOS DE AÇÚCAR:

- Açúcar refinado: apresenta cor branca e contém 99,9% de sacarose, é bastante processado e é a variedade mais usada;

- Açúcar líquido: coloração transparente é usual encontrar-se em refrigerantes e rebuçados;

- Açúcar de pasteleiro: açúcar fino e cristalino, é o açúcar branco moído até obter um pó fino. É usado para polvilhar;

- Açúcar mascavado: apresenta coloração bege ou acastanhado, contém uma dose superior de melaço. Contém menos aditivos e conserva mais vitaminas e minerais que o açúcar refinado;

- Açúcar amarelo: conhecido com uma cor dourada, é refinado sem eliminar por completo o melaço e apresenta um grande teor de humidade;

- Açúcar de coco: cristais de maiores dimensões, hoje em dia já é uma alternativa para adoçar chás, sobremesas, etc. Não contém químicos na sua formulação e apresenta baixo índice glicémico;

- Frutose: é extraído da fruta e milho, tem o poder de adoçar 30 vezes superior ao açúcar comum (refinado);

- Xarope invertido: é um líquido amarelado, composto por 1/3 de glicose, 1/3 de frutose e 1/3 de sacarose. É usado em gelados, geleias, etc.

 

Não existe propriamente um açúcar mais saudável, sendo que o “truque” passa por reduzir o consumo do mesmo. Mas não chega apenas retirar um destes tipos de açúcar lá de casa, é necessário olhar para o rótulo de todos os alimentos que ingerimos, pois estes contêm açúcar adicionado e o nome nem sempre é simples de perceber.

 

Truques que pode adotar para evitar o açúcar na sua alimentação:

- Substitua o açúcar por canela, essência de baunilha, cacau, lascas de coco ou fruta;

- Reduza o açúcar que adiciona ao chá e ao café até o eliminar por completo;

- Evite o consumo regular de sobremesas;

- Caso não consiga abdicar por completo do açúcar, use stevia (um adoçante natural);

- Analise os rótulos dos produtos que compra. Opte por os que têm um menor teor de açúcar simples e esteja atento em nomes como sacarose, maltose, lactose, sorbitol, poliglicitol, entre outros, pois são outras formas de denominar açúcar.

 

Aliar saúde e sabor deixa os alimentos ainda mais gostosos. Tudo é uma questão de bom senso. Consulte um nutricionista Dieta Pura e aproveite os benefícios dos açúcares.